Notícias

20 Apr 2018

A Trend Micro no HiMSS: segurança otimizada e conectada para proteger organizações de assistência médica

O segmento de assistência médica permanece como um dos mais frequentemente atacados nos Estados Unidos, representando cerca de 23% de todas as violações notificadas em 2017. A única categoria que fica à frente é a corporativa, com outro ano recorde em relação a roubo de dados. Por isso a Trend Micro há muito tempo apoia iniciativas como a HITRUST CyberAid, formulada para aprimorar a segurança básica de organizações de assistência médica (OAM) de pequeno porte.

E por isso também fizemos parte do último evento do HiMSS 2018 em Las Vegas, para compartilhar nossos conhecimentos e desafiar os participantes em um novo jogo de simulação de ataque cibernético: “Hospital Under Siege!” (Hospital Sob Ataque!).

OAMs sob ataque

As OAMs (Escritórios de Medicina Alternativa) são um alvo cada vez mais atraente para os cibercriminosos. Por quê? A combinação de sistemas complexos e heterogêneos; do histórico de pouco investimento em segurança cibernética; de uma força de trabalho móvel, fluida e dispersa; e dados potencialmente lucrativos de pacientes criaram a tempestade perfeita, fazendo com que o segmento enfrente cada vez mais riscos. Os hackers sabem que se conseguirem instalar um ransomware nos sistemas críticos de hospitais, esses estabelecimentos vão ser forçados a pagar o resgate ou arriscar o tratamento dos pacientes. Algumas estimativas afirmam que isso fez com que o número de ataques de ransomware contra esse segmento tivesse um aumento de 89% em relação ao ano anterior.

Para lidar com isso, a Trend Micro se uniu a HITRUST no programa de CyberAid, formulado para levar nossas ferramentas de segurança para todos os consultórios médicos de pequeno porte no país.   Para fazer isso, aprofundamos nossa colaboração no Cyber Threat XChange (CTX) Deceptive: a primeira plataforma compartilhada da indústria de armadilhada cibernética, criada especialmente para atrair os atacantes e melhorar a detecção de ameaças avançadas.

No Evento

Eventos como o HiMSS representam uma ótima oportunidade para os profissionais de TI, pois são uma chance de fazer networking com seus colegas, compartilhar práticas recomendadas e aprender com os especialistas da indústria. Por isso fizemos parte do evento em Las Vegas, para participar desses debates e explicar por que a segurança em camadas e multigeracional é a única opção para que as OAMs possam enfrentar o crescente risco de ataques cibernéticos.

A verdade é que não existe uma solução única que pode proteger as OAMs, seus dados e sistemas. No entanto, alguns provedores vão tentar te convencer do contrário. A melhor abordagem para ser bem-sucedido nisso é ter camadas conectadas de segurança no endpoint, na rede e na nuvem, combinando técnicas otimizadas dos principais aplicativos e plataformas como Office 365, Azure e AWS.

Essas técnicas podem incluir de tudo, desde o controle de aplicativos, prevenção de exploits e análise comportamental de machine learning: o segredo é proteger todas as portas de acesso e usar a tecnologia certa no momento certo para garantir o máximo de proteção. Ao compartilhar a mesma base de inteligência, você também obtém uma defesa mais efetiva e conectada contra as ameaças. E tudo administrado através de um portal centralizado. Essa é a beleza da nossa abordagem XGen.

Também organizamos uma apresentação imperdível com Craig Gormé e Jason Noll da UF Health. A Holistic Approach to Information Security (uma abordagem holística da segurança da informação) que ocorreu no dia 7 de março das 10h às 10h20 na Central de Comando de Segurança Cibernética (Titan Ballroom).

Por fim, para mais informações com antecedência sobre eventos como o HiMSS, acesse o nosso Bloge também nossos Eventos e Webinars.

Enviado por Elie Nasrallah – Diretor de Estratégia de Segurança Cibernética

FONTE: TREND MICRO