Notícias

24 Nov 2021

Os grupos de mercenários cibernéticos estão crescendo

O mercenarismo cibernético é uma das causas dos crimes digitais que ganhou destaque nesse último mês. Embora as motivações econômicas, políticas e a espionagem industrial sejam as principais causas dos ataques cibernéticos, recentemente a Trend Micro revelou que o mercenarismo cibernético vem crescendo [1].

Essa modalidade consiste em vender serviços que viabilizam o crime cibernético. É o que faz o grupo conhecido como Void Balaur, que está atuando no mundo inteiro, atacando os mais diversos setores da economia. Um dos principais serviços desse grupo é a espionagem cibernética e o roubo de informações confidenciais que são vendidas em fóruns clandestinos na Internet.

O grupo visa contas de e-mail e caixas de correio eletrônico, vendendo o acesso às mensagens que chegam nas caixas comprometidas. Isso é feito através do roubo de credenciais por phishing e, também, com ajuda de alguém interno a organização que facilita o trabalho.

O Void Balaur, e outros grupos de mercenários cibernéticos, possuem muitos recursos e uma infraestrutura poderosa para atacar organizações de todo porte.

Novamente, a boa higiene cibernética é essencial para evitar tais ataques. Considere os seguintes aspectos para melhorar a resiliência cibernética:
-Use autenticação multifator (MFA) via aplicativo móvel
-Use provedores de correio eletrônico de boa reputação
-Criptografe os discos que armazenam dados sensíveis
-Estabeleça canais de comunicação criptografados

Para saber mais, leia as matérias na íntegra.

[1] – https://lnkd.in/e8z3XzXS

[2] – https://lnkd.in/eSYj6Mbc